FECHAR
Artigos

Benefícios de híbridos precoces, superprecoces e hiperprecoces

2.1K vizualizações | Postado em 4 de dezembro de 2018 thumb hibridos dekalb - Benefícios de híbridos precoces, superprecoces e hiperprecoces

A safrinha 19 começa a ser plantada em janeiro e, para tirar o máximo em produtividade e ter tempo hábil para o plantio de verão, agricultores têm investido cada vez mais em híbridos precoces, superprecoces e hiperprecoces, pois são materiais versáteis e ajustam-se às necessidades dos produtores.

Com esses materiais, é possível contar com um ciclo menor, ou seja, um menor número de dias entre a germinação da semente e a maturação fisiológica da cultura. Isso permite que os agricultores consigam ajustar a cultura à sua realidade para, por exemplo, evitar condições climáticas adversas que podem impactar na sua produtividade. Essa é uma importante estratégia para a safrinha, já que os produtores estão sujeitos a sofrer com as consequências das geadas em regiões como as do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e em parte de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás, e com os resultados das secas nas regiões Norte e Nordeste.

Com híbridos super e hiperprecoces, também pode-se plantar uma terceira cultura, como a do feijão ou trigo, em áreas irrigadas. O que torna isso possível é um dos grandes diferenciais dos híbridos super e hiperprecoces: o rápido dry down, que é a taxa de perda de umidade após a maturação fisiológica.

Híbridos com essa característica também ajudam os agricultores que perderam a janela de plantio, que acontece a partir de meados de fevereiro, período em que já se verifica a redução das temperaturas médias. Já nas safras em que a janela de plantio está adequada, a escolha por híbridos precoces pode trazer maior potencial produtivo e sanidade, pois são materiais genéticos mais adaptados a situações de estresse climático.

Arquitetura moderna, porte reduzido, melhor qualidade de raízes e colmo são algumas das características que tornam esses híbridos tão eficientes na lavoura, podendo conferir mais resistência aos ventos e às adversidades climáticas, além de entregar uma excelente produtividade. Ao investirem nesse tipo de material, os agricultores investem também em mais rentabilidade para a segunda safra.

ADVERTÊNCIA: Os agrotóxicos são produtos perigosos à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Antes de manuseá-los, leia atentamente e siga rigorosamente as recomendações contidas no rótulo, na bula e no receituário agronômico. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual. nunca permita o manuseio de agrotóxicos por menores de idade. Descarte corretamente as embalagens e os restos dos produtos. não reutilize as embalagens vazias. Informe-se sobre aimportância do manejo integrado de pragas.

CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.