FECHAR
Artigos

De olho nos percevejos para uma safrinha mais produtiva

1.2K vizualizações | Postado em 29 de novembro de 2018 thumb 780x470 - De olho nos percevejos para uma safrinha mais produtiva

Com o fim do plantio de soja, os agricultores já começam a pensar no plantio da safrinha, que deve ocorrer entre o fim de janeiro e fevereiro na maior parte das regiões. A tecnologia contida no germoplasma escolhido para a segunda safra e as tomadas de decisão corretas fazem parte do sucesso da colheita, assim como o manejo empregado na lavoura.

O planejamento também é composto pelo Manejo Integrado de Pragas (MIP), como o do percevejo barriga-verde (Dichelops furcatus e Dichelops melacanthus) e do percevejo-marrom (Euschistus heros), que causam grandes prejuízos na cultura de milho após a soja.

Entre os diversos fatores que influenciam na maior ou menor pressão dessa praga, estão o histórico de infestação da área e o monitoramento realizado. Dependendo do grau de infestação, os prejuízos na cultura de soja podem chegar a 40%. Daí a importância de monitorar e manejar a praga, para evitar que ela diminua os resultados da safrinha. Saiba o que você pode fazer desde já, para que os percevejos não invadam a sua lavoura.

Colheita do bem

Para realizar uma boa colheita, é importante utilizar uma colhedora bem-regulada e que esteja na velocidade correta, pois, assim, menos grãos serão perdidos e ficarão no solo, o que pode diminuir a incidência de percevejos.

Plantas invasoras

Plantas tigueras e daninhas são hospedeiras de percevejos, por isso é preciso que elas sejam manejadas. Evitá-las no cultivo de soja e realizar a dessecação antecipada é uma boa forma de combater os percevejos. Se a infestação estiver alta, o produtor pode usar inseticidas de contato na dessecação, para diminuir a população do inseto.

Presente na lavoura

O período crítico de ataque de percevejos para o milho safrinha ocorre entre o V1 e o V6. Portanto, o monitoramento dessa praga deve ser constante. Para aferir o grau de infestação, ainda na cultura de soja, utilize técnicas como pano de batida e armadilhas.

 Tratamento de sementes

Chegou a hora de semear a segunda safra. E investir em tratamento de sementes é uma forma bastante efetiva para o controle de percevejos. Recomenda-se o uso de um tratamento à base de neonicotinoide, substância indicada para o controle da praga. Porém, antes de qualquer aplicação, consulte um engenheiro agrônomo.

Quando agir?

A quantidade de 0,5 percevejo por metro quadrado é um indicativo de que é necessário intervir na cultura e fazer o manejo com inseticida. O ataque dessa praga pode causar falha de estande, perfilhamento, problemas de enchimento de grãos e até a morte das plantas.

artigo rrplus de olho 1 1024x768 - De olho nos percevejos para uma safrinha mais produtiva

artigo rrplus de olho 2 - De olho nos percevejos para uma safrinha mais produtiva

ADVERTÊNCIA: Os agrotóxicos são produtos perigosos à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Antes de manuseá-los, leia atentamente e siga rigorosamente as recomendações contidas no rótulo, na bula e no receituário agronômico. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual. nunca permita o manuseio de agrotóxicos por menores de idade. Descarte corretamente as embalagens e os restos dos produtos. não reutilize as embalagens vazias. Informe-se sobre aimportância do manejo integrado de pragas.

CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.