FECHAR

Origem: Norte da Itália
Regiões encontradas no Brasil: região sul e principalmente no RS
Morfologia: ereta – pode atingir até 1,20m e touceiras de 0,40 a 1,0 m
Sazonalidade: anual
Reprodução: sementes
Germinação: geralmente março a dezembro (temperatura ideal 18° a 20°C)
n° sementes: produz até 300 mil
Fonte: Spedding & diekmahns, 1972; araújo, 1978; Fearon; hayward; lawrence, 1983

Resistência

Biótipos de Lolium rigidum resistentes ao glyphosate foram indentificados na Malásia em 1997 e nos Estados Unidos em 1998, respectivamente (Weed Science, 1999a). No Brasil em 2003 (Roman et al. 2004), foi identificados biótipos de azevém (Lolium Multiflorum), resistentes ao glyphosate.

Controle

Herbicidas graminicidas, de forma geral, controlam com eficiência tanto o azevém sensível quanto o resistente. Alguns biótipos de azevém têm apresentado maior tolerância aos graminicidas, indicando que devem ser adotadas práticas complementares de controle, como capina e aplicações localizadas de herbicidas não-seletivos onde ocorrerem falhas de controle (EMBRAPA).
Outras práticas podem ser adotadas para controle dessa planta.

CONHEÇA OUTRAS PLANTAS DANINHAS RESISTENTES A GLIFOSATO
Buva – Conyza spp
Capim amargoso – Digitária insuláris
Caruru – Amaranthus palmeri

Copyright © 2016 Monsanto Company. Todos os direitos reservados. Proibida a cópia sem prévia autorização de seus idealizadores.

ADVERTÊNCIA: Os agrotóxicos são produtos perigosos à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Antes de manuseá-los, leia atentamente e siga rigorosamente as recomendações contidas no rótulo, na bula e no receituário agronômico. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual. nunca permita o manuseio de agrotóxicos por menores de idade. Descarte corretamente as embalagens e os restos dos produtos. não reutilize as embalagens vazias. Informe-se sobre aimportância do manejo integrado de pragas.

CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.