FECHAR

Você sabia?

Buva
“3 plantas de buva por m2 podem roubar até 4 sacas de soja de sua produtividade? E que 6 plantas/m2 causam em média 23% de perdas?” Embrapa Soja/Detec Coamo
“Numa área infestada com buva, 12 plantas/m2 diminuem até 2.300 kgs de sua produtividade? O equivalente a quase 14 sacas de soja.” Embrapa Soja/Detec Coamo
“Em situações extremas de infestação, áreas com 28 plantas de buva/m2 acarretam perdas de quase 50% de sua lavoura.” Embrapa Soja/Detec Coamo
“O aumento de 1,6 plantas de buva/m2 para 4,2 plantas/m2 acarreta até 5% de perdas.”  Bianchi, 2009
Segundo amostragens, a perda de 30 sacas soja/alq é possível quando o número de plantas de buva aumenta de 0-3 para 4 -7/m2 em sua área.” Fomarolli e Gazziero, 2009
Campim Amargoso
“A competição do capim-amargoso com a soja reduziu a produtividade da cultura de 3.392 kgs/há na presença de 4 a 8 plantas/m2 Embrapa
“Essa planta daninha floresce o ano todo e tem potencial elevado de produção de sementes” Time de TD Monsanto
“As sementes do capim-amargoso são pequenas e se dispersam com facilidade pelo vento, máquinas ou mesmo homem.” Time de TD Monsanto
“Seu controle é realizado antes da germinação com a utilização de herbicidas pré- emergentes ou na pós-emergência através dos graminicidas.” Time TD Monsanto
“Plantas adultas/entouceradas necessitam de doses 50 a 80% maiores e aplicações sequenciais para serem controladas.” Embrapa
“Palhada ajuda no manejo do capim-amargoso.” Embrapa
Caruru
“Nos EUA o Amaranthus palmeri é resistente a mais de 4 modos de ação de herbicidas diferentes?” Pesquisadores americanos
"Nos últimos anos, esta espécie se tornou a principal planta daninha do algodoeiro nos EUA, em função de suas características biológicas e da resistência a herbicidas de diferentes sítios de ação" Edson Andrade Jr, pesquisador
“O Amaranthus palmeri apresenta flores femininas que podem produzir sementes mesmo sem a ocorrência de polinização.” Circular Técnica IMAmt
"O crescimento é muito rápido - médias de 2 a 3 cm por dia. Redobre a atenção nas aplicações de herbicidas em pós-emergência para sejam realizadas dentro do estádio ideal." Circular Técnica do IMAmt.
“Quando a população de A. Palmeri não é controlada, perdas no rendimento das culturas podem atingir 91% em milho, 79% em soja e 77% em algodoeiro.” Bibliografia norte-americana/Circular Técnica do IMAmt.
“Estratégias múltiplas de controle de A. Palmeri no mesmo talhão, utilizando métodos preventivos, químicos, mecânicos e culturais, são fundamentais para conseguir um manejo eficaz dessa planta daninha.” Circular Técnica do IMAmt
“Dependendo da condição de desenvolvimento, uma única planta pode produzir de 200 mil a 600 mil sementes, mas há casos em que esse número pode ultrapassar 1 milhão de sementes.” Circular Técnica do IMAmt
“As sementes possuem tamanho extremamente reduzido, em formato de discos ou arredondadas, medindo de 1 a 2 mm, o que facilita muito sua dispersão.” Circular Técnica do IMAmt
“Uso de herbicidas na pré-emergência – ação residual, com boa eficácia sobre A. Palmeri (mecanismos de ação diferentes de inibidores de EPSPs e ALS) têm sido fundamentais em programas de manejo bem sucedidos.” Circular Técnica do IMAmt
Copyright © 2016 Monsanto Company. Todos os direitos reservados. Proibida a cópia sem prévia autorização de seus idealizadores.

ADVERTÊNCIA: Os agrotóxicos são produtos perigosos à saúde humana, animal e ao meio ambiente. Antes de manuseá-los, leia atentamente e siga rigorosamente as recomendações contidas no rótulo, na bula e no receituário agronômico. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual. nunca permita o manuseio de agrotóxicos por menores de idade. Descarte corretamente as embalagens e os restos dos produtos. não reutilize as embalagens vazias. Informe-se sobre aimportância do manejo integrado de pragas.

CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.